[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Lapónia


Este é talvez o destino mais comum para quem viaja durante a quadra natalícia. A Monarch, com 25 anos de experiência na organização de viagens à Lapónia, disponibiliza pacotes para toda a família. Com partidas dos aeroportos de Gatwick (Londres) e Manchester, de 2 de dezembro a 14 de fevereiro, os pacotes de viagem da companhia área do Reino Unido incluem ainda fatos e botas de ski, tobogã, cães, renas e passeios de snowmobile.

Foto © Flickr/Sara Guillemin

Honolulu, Havai


Se a ideia é fugir ao convencional e passar esta época festiva sem casacos e gorros, a capital havaiana, Honolulu, é uma excelente opção: por ali, há calor o ano todo! Situada no estado mais soalheiro dos Estados Unidos da América, esta cidade já festeja o Natal tipicamente ocidental desde o século XIX, porém, sempre com um toque havaiano. Os habitantes locais celebram a quadra a rigor, com uma festa que dura todo o mês de dezembro, na qual não faltam as músicas natalícias, acompanhadas a ukelele, um Pai Natal vestido com uma camisa às flores, as paradas e o fogo de artifício. "Mele Kallkimaka" significa Feliz Natal!

Foto © Flickr/gabesk

Nassau, Bahamas


Ainda para adicionar à lista de ‘destinos de Natal alternativos’, sugerimos-lhe Nassau, a capital das Bahamas. Neste local, o sol e os ritmos festivos convidam à diversão, num ambiente inteiramente distinto da tradicional envolvente natalícia a que nós, portuguesas, estamos habituadas. No dia 26 de dezembro e no dia de Ano Novo realiza-se o Junkanoo, o festival de rua mais antigo das Caraíbas e um dos rivais do Carnaval do Rio de Janeiro, no Brasil. Festividades à parte, o mês de dezembro é a época ideal também para quem quer relaxar no areal ou dar um mergulho nas águas cristalinas da zona.

Foto © Flickr/Cathy T

Dresden, Alemanha


Se, por outro lado, não quer evitar a tradição ocidental que se vive nesta época, propomos-lhe uma visita ao mercado de Natal mais antigo na Alemanha: o Striezelmarkt . Localizado na cidade de Dresden, este mercado conta com quase 600 anos de história e com cerca de 250 bancas, recheadas de produtos da região. Porém, a atração principal é o festival anual de bolo de fruta, o Stollen, que se realiza no segundo domingo do mês de dezembro.

Foto © Landeshauptstadt Dresden/Sylvio Dittrich

Praga, República Checa


Situado na praça do centro histórico da cidade, este icónico mercado de natal é composto por corredores de coloridas bancas, organizadas em volta de uma gigante árvore de Natal, que vendem brinquedos artesanais, como marionetas checas, joalharia artesanal, cristais e velas.

Foto © CzechTourism

Madrid, Espanha


A Plaza Mayor, em Madrid, acolhe, anualmente, o maior mercado natalício da cidade. Com mais de cem anos de história, este afamado mercado é conhecido pelas suas figuras de presépio, que encontra nas prateleiras das várias bancas de madeira. Para além das compras natalícias, este espaço é ainda famoso pelo espetáculo de luzes coloridas suspensas, que a fazem esquecer, momentaneamente, do frio que se faz sentir na capital espanhola por esta altura.

Foto © Flickr/Melosh

Riga, Letónia


O principal mercado de Natal da capital da Letónia situa-se na praça da catedral, bem no coração do centro histórico de Riga, uma ‘joia’ de Arte Nouveau, reconhecida como Património Mundial da UNESCO. Por lá, o espirito de ‘conto de fadas’ preenche o ambiente natalício.

Foto © Flickr/Kārlis Dambrāns

Aix-en-Provence, França


Repleta de ruas e montras com decorações encantadoras, a cidade prepara-se para as feiras de ‘santons’, nas quais são exibidas pequenas figuras de barro feitas manualmente por artesãos locais. Primariamente, os ‘santons’ eram utilizados para montar presépios, porém, no século XIX, também começaram a representar a vida quotidiana – com bonecos que retratam profissões como padres, pescadores ou padeiros. Por ali, a tradição do jantar da véspera de Natal inclui sete pratos ligeiros, em homenagem das sete dores de Maria, treze pães e treze sobremesas, que representam Jesus e os apóstolos.

Foto © S. Spiteri

TromsØ, Noruega


Começámos com uma ‘proposta gelada’ e agora apresentamos-lhe mais uma. E que tal comemorar o Natal no círculo polar ártico? Durante o mês de dezembro, a cidade norueguesa enche-se de vida, de hinos e mercados de Natal onde pode degustar as iguarias nacionais. Graças a abundância de neve, são muitas as atividades que pode experimentar, como o ski cross-country. A par destes programas pode ainda aproveitar a visita ao norte da Europa para contemplar o fenómeno da Aurora Boreal.

Foto © Flickr/BMcIvr

Madeira, Portugal


O Natal na Ilha da Madeira é famoso em todo o mundo pela sua magia e pelas suas celebrações, eventos culturais e concertos, que se realizam por toda a ilha nesta quadra. Durante o mês de dezembro, são celebradas missas religiosas especiais na maioria das igrejas da região, como a Missa do Parto. A Festa da Noite do Mercado, que ocorre a 23 de dezembro, é uma comemoração tradicional que enche a cidade de espírito festivo e canções natalícias, e a 24 de dezembro celebra-se ainda a tradicional Missa do galo. Para além destas festividades, existem ainda outras programações a destacar: o Festival de Inverno na Ilha da Madeira, a Corrida de São Silvestre (28 de dezembro) e, claro, o grande espetáculo de fogo de artifício, na passagem de ano.

Foto © Turismo da Madeira

  • Lapónia


    Este é talvez o destino mais comum para quem viaja durante a quadra natalícia. A Monarch, com 25 anos de experiência na organização de viagens à Lapónia, disponibiliza pacotes para toda a família. Com partidas dos aeroportos de Gatwick (Londres) e Manchester, de 2 de dezembro a 14 de fevereiro, os pacotes de viagem da companhia área do Reino Unido incluem ainda fatos e botas de ski, tobogã, cães, renas e passeios de snowmobile.

    Foto © Flickr/Sara Guillemin

     

  • Honolulu, Havai


    Se a ideia é fugir ao convencional e passar esta época festiva sem casacos e gorros, a capital havaiana, Honolulu, é uma excelente opção: por ali, há calor o ano todo! Situada no estado mais soalheiro dos Estados Unidos da América, esta cidade já festeja o Natal tipicamente ocidental desde o século XIX, porém, sempre com um toque havaiano. Os habitantes locais celebram a quadra a rigor, com uma festa que dura todo o mês de dezembro, na qual não faltam as músicas natalícias, acompanhadas a ukelele, um Pai Natal vestido com uma camisa às flores, as paradas e o fogo de artifício. "Mele Kallkimaka" significa Feliz Natal!

    Foto © Flickr/gabesk

     

  • Nassau, Bahamas


    Ainda para adicionar à lista de ‘destinos de Natal alternativos’, sugerimos-lhe Nassau, a capital das Bahamas. Neste local, o sol e os ritmos festivos convidam à diversão, num ambiente inteiramente distinto da tradicional envolvente natalícia a que nós, portuguesas, estamos habituadas. No dia 26 de dezembro e no dia de Ano Novo realiza-se o Junkanoo, o festival de rua mais antigo das Caraíbas e um dos rivais do Carnaval do Rio de Janeiro, no Brasil. Festividades à parte, o mês de dezembro é a época ideal também para quem quer relaxar no areal ou dar um mergulho nas águas cristalinas da zona.

    Foto © Flickr/Cathy T

     

  • Dresden, Alemanha


    Se, por outro lado, não quer evitar a tradição ocidental que se vive nesta época, propomos-lhe uma visita ao mercado de Natal mais antigo na Alemanha: o Striezelmarkt . Localizado na cidade de Dresden, este mercado conta com quase 600 anos de história e com cerca de 250 bancas, recheadas de produtos da região. Porém, a atração principal é o festival anual de bolo de fruta, o Stollen, que se realiza no segundo domingo do mês de dezembro.

    Foto © Landeshauptstadt Dresden/Sylvio Dittrich

     

  • Praga, República Checa


    Situado na praça do centro histórico da cidade, este icónico mercado de natal é composto por corredores de coloridas bancas, organizadas em volta de uma gigante árvore de Natal, que vendem brinquedos artesanais, como marionetas checas, joalharia artesanal, cristais e velas.

    Foto © CzechTourism

     

  • Madrid, Espanha


    A Plaza Mayor, em Madrid, acolhe, anualmente, o maior mercado natalício da cidade. Com mais de cem anos de história, este afamado mercado é conhecido pelas suas figuras de presépio, que encontra nas prateleiras das várias bancas de madeira. Para além das compras natalícias, este espaço é ainda famoso pelo espetáculo de luzes coloridas suspensas, que a fazem esquecer, momentaneamente, do frio que se faz sentir na capital espanhola por esta altura.

    Foto © Flickr/Melosh

     

  • Riga, Letónia


    O principal mercado de Natal da capital da Letónia situa-se na praça da catedral, bem no coração do centro histórico de Riga, uma ‘joia’ de Arte Nouveau, reconhecida como Património Mundial da UNESCO. Por lá, o espirito de ‘conto de fadas’ preenche o ambiente natalício.

    Foto © Flickr/Kārlis Dambrāns

     

  • Aix-en-Provence, França


    Repleta de ruas e montras com decorações encantadoras, a cidade prepara-se para as feiras de ‘santons’, nas quais são exibidas pequenas figuras de barro feitas manualmente por artesãos locais. Primariamente, os ‘santons’ eram utilizados para montar presépios, porém, no século XIX, também começaram a representar a vida quotidiana – com bonecos que retratam profissões como padres, pescadores ou padeiros. Por ali, a tradição do jantar da véspera de Natal inclui sete pratos ligeiros, em homenagem das sete dores de Maria, treze pães e treze sobremesas, que representam Jesus e os apóstolos.

    Foto © S. Spiteri

     

  • TromsØ, Noruega


    Começámos com uma ‘proposta gelada’ e agora apresentamos-lhe mais uma. E que tal comemorar o Natal no círculo polar ártico? Durante o mês de dezembro, a cidade norueguesa enche-se de vida, de hinos e mercados de Natal onde pode degustar as iguarias nacionais. Graças a abundância de neve, são muitas as atividades que pode experimentar, como o ski cross-country. A par destes programas pode ainda aproveitar a visita ao norte da Europa para contemplar o fenómeno da Aurora Boreal.

    Foto © Flickr/BMcIvr

     

  • Madeira, Portugal


    O Natal na Ilha da Madeira é famoso em todo o mundo pela sua magia e pelas suas celebrações, eventos culturais e concertos, que se realizam por toda a ilha nesta quadra. Durante o mês de dezembro, são celebradas missas religiosas especiais na maioria das igrejas da região, como a Missa do Parto. A Festa da Noite do Mercado, que ocorre a 23 de dezembro, é uma comemoração tradicional que enche a cidade de espírito festivo e canções natalícias, e a 24 de dezembro celebra-se ainda a tradicional Missa do galo. Para além destas festividades, existem ainda outras programações a destacar: o Festival de Inverno na Ilha da Madeira, a Corrida de São Silvestre (28 de dezembro) e, claro, o grande espetáculo de fogo de artifício, na passagem de ano.

    Foto © Turismo da Madeira

     

PUB


10 destinos para as férias de Natal

São dez hipóteses de locais a visitar nesta época festiva, à torreira do sol ou de luvas e gorro.

Ponha de lado as intensas e confusas buscas pela internet para encontrar o destino ideal para passar as férias de Natal.

Deixamos-lhe duas mãos cheias de hipóteses, na Europa e não só, para disfrutar do típico frio da época ou então para fugir à regra e aproveitar a quadra natalícia de biquíni.

Percorra a galeria, decida o destino ideal para si e para a família e comece a planear a viagem. Sim, ainda vai muito a tempo!

Veja mais em Lifestyle

  • Clotilde, comida tradicional com atrevimento

    De segunda a sábado ao almoço e ao jantar, pode entrar, sentar, conversar e desfrutar de uma atrevida refeição. No menu...

    Patricia Toste de SousaJaneiro 18, 2019
  • Prepare o seu coração…

    Para mais um Dia de S. Valentim, com a Flying Tiger Copenhagen. Um conjunto de propostas irresistíveis para fazer deste um...

    Leonor Antolin TeixeiraJaneiro 17, 2019
  • Gosta de treinar?

    Então, saiba que a Primark acaba de lançar uma nova linha de workout. Para quem procura um equipamento de treino completo...

    Leonor Antolin TeixeiraJaneiro 16, 2019
  • Amor a triplicar

    O Dia dos Namorados vem aí! E a Swatch já preparou uma surpresa irresistível: o Triple Love, relógio com três corações...

    Leonor Antolin TeixeiraJaneiro 16, 2019
  • Nike lança coleção de roupa para Yoga

    É a primeira coleção de roupa para o Yoga da Nike Training. A nova linha Nike Yoga Collection apresenta peças que...

    Patricia Toste de SousaJaneiro 9, 2019
  • Já tem barriga para doces?

    Ultrapassada que está a quadra festiva, já pode, aos poucos e em doses pequeninas, regressar aos doces. E se acha que...

    Patricia Toste de SousaJaneiro 4, 2019
  • Os presentes mais incríveis para o amigo secreto (até 15€)

    Um amigo secreto no trabalho, um amigo secreto no grupo de amigos, um amigo secreto na família. Este jogo de oferecer...

    Natália RibeiroDezembro 14, 2018
  • As sugestões de Natal da Claus Porto

    Foi em 1887, pelas mãos de dois empresários alemães, que nasceu esta casa de fragrâncias e produtos de beleza, tendo celebrado...

    Patricia Toste de SousaNovembro 29, 2018
  • Natal Encantado!

    Inspire-se nos objetos de decoração usados na produção de Natal de beleza da edição de Dezembro da LuxWOMAN, já nas bancas....

    Natália RibeiroNovembro 29, 2018

PUB