[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Brunch em Lisboa – Myriad

Fomos conhecer dois brunches lisboetas, da cadeia de hotéis Sana. A jornalista Mariana Cardoso foi ao Epic, com serviço a la carte, e adorou. A Carla Macedo testou a versão buffet, no Hotel Myriad. Descubra as diferenças e escolha o que mais lhe apetecer… se conseguir.

Domingo, onze e meia da manhã, entro no Hotel Myriad em direção ao River Lounge. Está um frio de rachar e tenho pena de não aproveitar a esplanada sobre o Rio Tejo, que ali à frente mais parece o mar. O espelho de água do rio tão calmo reflete o sol para dentro da sala e acabamos por escolher uma mesa à sombra, ainda assim, cheia de luz.

Confesso que os domingos de manhã não são propriamente os dias mais animados no que toca aos meus apetites gastronómicos. O único dia da semana em que me levanto mais tarde não é nem será nunca o dia em que acordo com mais fome. Mas venho experimentar o Brunch do Myriad, conforme me comprometi, e trago uma equipa. É que preciso de pessoas com diferentes idades e apetites para perceber se este brunch reúne as qualidades que fazem de um brunch um bom brunch.

Não precisamos de esperar muito para perceber que o Myriad vai superar a prova e alimentar quatro pessoas – duas crianças e dois adultos – que se levantaram todos a horas diferentes, tomaram pequenos-almoços diferentes, ou mesmo nenhum. A chefe de sala mostra-nos as diversas bancadas do buffet, onde os alimentos estão organizados sabiamente por famílias tradicionais. Um detalhe interessante: o balcão para as crianças – com panquecas, chocolates, marshmalows, espetadas de fruta e pratos e talheres decorados com princesas e heróis da Disney – está escondido, para que seja mais fácil aos pais organizar as refeições.

Começamos todos por um revigorante sumo de laranja natural e temos carta branca para comer o que quisermos. Os pequenos pedem e nós deixamos que comam panquecas com chocolate, desde que as acompanhem com fruta. Eu, que ainda não comi nada hoje, pretendo fazer um pequeno-almoço tradicional e opto por vários pães, vários queijos e compotas, ovos mexidos e, estão todos, uma delícia. Só que à minha frente, o meu marido come sushi de entrada (depois ainda provará a sopa, a charcutaria e o prato do dia – há sempre um de peixe e um de carne). Eu não resisto e imito. Bem bom este sushi! De caminho, trago para a mesa umas ostras fresquíssimas. Depois de tudo isto, ainda me perco nas sobremesas. Remato com um café e estou pronta para ir caminhar umas duas horas…

Tudo somado (o espaço, a simpatia das pessoas, a vista e a variedade e a qualidade das refeições possíveis), decidimos que voltaremos ao brunch do Myriad, com mais membros da família – o primo que faz noitadas em discotecas e o avô que se levanta sempre às 7h para ir correr, a tia que seleciona muito bem e critica tudo o que come, a sobrinha que com a adolescência diz que é vegetariana… Porque aqui há refeições para qualquer estado de espírito, idade ou apetite. Até breve!

Brunch River Lounge

Todos os fins de semana.

Das 11h30 às 15h30. €38 por pessoa. €15 por criança dos 4 aos 12. Crianças dos 0-3 anos não pagam.

Cais das Naus, lt. 2.21.01

Parque das Nações

Lisboa

Tel. 211 107 600

Agora que já sabe como é o brunch no Myriad, descubra aqui como as coisas acontecem no Epic e decida!

Veja mais em R3dação

PUB