[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Desafiar a gravidade

1 de 2

Quer ter medo ou quer voar? É a pergunta central do Anti-Gravity, e voar é a única opção. Isso e confiar, em si e no que o instrutor lhe diz que é capaz de fazer.

Antes da aula, no Holmes Place da Quinta da Fonte, em Oeiras, as dúvidas eram mais do que muitas. Procurava fotos no Google e pensava: “Não vou conseguir fazer isto! E se eu cair? E se o pano cair do teto? E se… E se…”

O desafio era sair da zona de conforto para a Atitude do Mês da LuxWOMAN de abril. Por isso, a bem ou mal, tive de ir experimentar a aula com o criador da modalidade, Christopher Harrison, uma das pessoas mais inspiradoras que tive o prazer de conhecer.

Ele perguntou se queríamos voar, e pensei: “Eu quero, mas pelo menos com um pé no chão!” No entanto, ali temos que nos entregar e confiar que somos capazes de fazer tudo. É fácil? O exercício é. A exigência de confiança, nem tanto…

O primeiro exercício colocou-nos logo de cabeça para baixo. Foi um choque. O meu corpo perguntava: “O que estás a fazer?” À cabeça, chegavam-me coisas como ”vais desmaiar” ou “há demasiado sangue na tua cabeça”. Fiquei tensa e a desejar que me tirassem daquela posição.

O Christopher, que estava a verificar as nossas posições, aproximou-se e mandou-me respirar. “Vamos todos respirar, porque a Andreia não está a respirar.” Ah, respirar, sim! Voltei a respirar. “Vamos todos dar uma boa risada!”, pediu o Christopher. Estávamos de cabeça para baixo, era realmente caricato. Não tinha vontade de rir, mas ainda assim soltei uma gargalhada nervosa, para relaxar.

A minha mente estava a fechar o corpo às novas sensações, porque o medo incontrolável de estar fora de controlo pairava sobre a minha cabeça. Não era o meu corpo que estava a sentir-se mal, era a minha mente. Sabe porquê? Porque a mente é mentirosa. “Para! Não estás a aproveitar! Deixa-te ir! Isto não vai cair e já fizeste o exercício que achavas mais difícil!” Até me dá vontade de rir, pensar que achei que aquele era o exercício mais difícil: o melhor ainda estava para vir…

1 de 2

Veja mais em R3dação

PUB