[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Estreia de luxo!

Empresária, empreendedora e apaixonada pelo Todo-o-Terreno, Maria Luís Gameiro vai ser a primeira piloto portuguesa a disputar o “Mini Dakar Europeu”, em Espanha.

Apesar da paixão não passar de um hobby, visto que se move profissionalmente entre  gerente, administradora e CEO de 8 empresas, entre as quais se destaca a MOTIVO-JCB e o Centro Hiperbárico de Cascais, a empresária marcará presença, em junho, no Rally de Andaluzia, a terceira maior prova de Todo-o-Terreno do Campeonato do Mundo da modalidade.

Vamos descobrir de onde partiu o seu gosto pelo todo-o-terreno e como consegue encaixá-lo na sua vida profissional?

A18Z7639

Maria Gameiro

De onde é que partiu esta paixão? 

Sempre gostei de velocidade, mas como os meus familiares e amigos não tinham ligação nem gosto particular pelo desporto automóvel, eu aventurava-me a andar de bicicleta em velocidades excessivas com a minha irmã, e mais tarde enveredei pelo atletismo na modalidade de velocidade no qual consegui títulos europeus.

Assim que tirei a carta de condução – comecei a tirá-la ainda com 17 ano – assumi o controlo da viatura de família, mas aí só podia “matar” o gosto pela condução uma vez que sou uma condutora cuidadosa.

A paixão pelo todo-o-terreno teve início no ano de 2005, ano em que conheci aquele que veio a ser o meu marido. Ele praticava a modalidade e eu adorava acompanhá-lo.

Claro que os meus olhos brilhavam ao ver os carros passar e ansiava por uma oportunidade para também eu entrar num deles e agarrar-me à roda. Aconteceu em 2009!

Estreei-me na Baja Portalegre que é a prova rainha do Todo-o-Terreno em Portugal e consegui acabar logo na minha primeira vez. Adorei!

Como se sente por ser a primeira piloto portuguesa a disputar o “Mini Dakar Europeu”?

Quando a equipa pensou na inscrição nesta prova, nem pensei no assunto, mas deixa-me feliz.

Estive mais de 10 anos sem competir e só voltei este ano. Tenho um carro potente e muito diferente daqueles que conduzi, e por essa razão tenho de fazer uma reaprendizagem na condução e adaptação ao carro.

O nosso campeonato é muito competitivo, dos melhores do mundo, e eu sou a única mulher piloto no Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno.

Tenho de fazer kms para ganhar experiência e o Rally de Andaluzia, este “Mini Dakar Europeu”, trazer-me-á os kms que preciso. É uma prova muito desafiante e dura, serão muitos kms nos quais vou correr com os melhores do mundo.

Ser a primeira mulher portuguesa a fazê-la, deixa-me a responsabilidade acrescida de, além de dar o meu melhor, representar o meu país de que me orgulho muito e as mulheres portuguesas em particular!

IMG_4932

Como concilia o seu trabalho com este hobby?

Com organização!

Sou gestora de várias empresas de ramos de actividade bem diferentes e com dinâmicas também elas diferentes, maquinaria, saúde, com o Centro Hiperbárico de Cascais, arquitectura  etc,. Só por si, é um desafio, mas eu gosto deles!

Tenho de ser eficiente nas decisões e saber delegar tem sido o meu maior desafio. Preciso de tempo para tomar as decisões importantes.

Este hobby em particular não nos permite distrações, é um desporto radical e com riscos e por isso temos de estar focados.

Por esse motivo, quando corro não posso pensar em trabalho, pelo que funciona como “terapia” para manter uma mente sã!

Tem sido especialmente difícil, agora que está a treinar para a competição?

Este é um hobby que exige uma preparação física muito grande e este “Mini Dakar Europeu” é das provas mais difíceis e exigentes ao nível físico e psicológico pela sua duração, 6 dias!

Tenho feito aulas de ginásio mais específicas para esta preparação e faço sessões de Oxigenoterapia Hiperbárica no Centro Hiperbárico em Cascais, para recuperação muscular e prevenção de lesões.

Nas empresas tenho o apoio incondicional dos meus colaboradores, que me apoiam nesta fase mais intensa. Mas com organização e planeamento tudo se consegue!

IMG_4915

Já pensou dedicar-se em exclusivo a este hobby?

Honestamente, nunca me passou pela cabeça por dois motivos, o primeiro, porque gosto muito do que faço, das empresas que giro, dos projetos que tenho, e o segundo, e não menos importante, porque este hobby não me sustenta, bem pelo contrário. É um hobby caro, com pouca visibilidade (ainda! …darei o meu melhor para o dar a conhecer) pelo que não temos em Portugal atletas desta modalidade que vivam apenas dele. No estrangeiro há alguns profissionais mas não por cá, infelizmente.

De qualquer modo, há sonhos que concretizaria se houvessem patrocínios que o permitissem.

Veja mais em Pessoas

  • Branko: Mergulho na Música

    Fundador dos Buraka Som Sistema, hoje DJ e produtor, é um nome incontornável da cena musical contemporânea nacional. João Barbosa, aka...

    Ana Almeida PiresJulho 8, 2024
  • As escolhas de Lara Carrasco

    Apaixonada por moda e maquilhagem, é nas redes sociais que Lara Carrasco partilha esses gostos, através de looks diários ou rotinas...

    Joana de OliveiraJulho 2, 2024
  • Favoritos do Mês: junho

    Para fazer uma retrospetiva deste mês, reunimos os favoritos de Diogo Raposo Pires, Editor de Moda na LuxWoman, nas categorias: roupa,...

    LuxWOMANJunho 28, 2024
  • Ciência no Feminino

    A curiosidade foi, desde sempre, o seu maior aliado num caminho de descoberta. O fascínio pela novidade e pelo desconhecido acabou...

    Leonor Antolin TeixeiraJunho 24, 2024
  • Eunice Maia sobre o The Rose Project 2023: “É uma honra enorme estar entre tantas mulheres inspiradoras de todo o mundo”

    Eunice Maia, proprietária da loja lisboeta Maria GraneI, foi uma das cinco vencedoras do The Rose Project 2023. Criada em homenagem...

    Joana de OliveiraJunho 21, 2024
  • Júlia Palha, A Vida com Determinação #capa

    O sorriso espontâneo e a forma despreocupada com que fala revelam uma leveza própria de quem é feliz. Cada vez mais...

    LuxWOMANJunho 20, 2024
  • As escolhas de Inês Isaías

    Conhecida pelo seu estilo autêntico e envolvente, Inês Isaías é uma das “Portuguese Girlies”. Nas suas redes sociais, onde tem conquistado...

    Joana de OliveiraJunho 18, 2024
  • As escolhas de Mariana Machado

    Natural do Porto, Mariana Machado começou a sua carreira profissional como enfermeira, que exerceu durante 8 anos. Desafiada por uma amiga,...

    Joana de OliveiraJunho 6, 2024
  • Maria Botelho Moniz: A Viver um Sonho

    Ser mãe sempre esteve nos seus planos. Apesar das noites mal dormidas e do tempo livre que ficou para trás, a...

    Patricia Toste de SousaMaio 27, 2024

PUB