[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

SEIVA DE LETRAS: Eunice

Eunice

Já anoitecia lá no alto

Por onde abunda o tempo

E se recolhem as intenções.

O silêncio, expectante,

Garantiu serenamente

O seu lugar, aguardando

A especial hora marcada

Expandindo-se por todos os poros

Que atentos, por ali, pulsavam.

Quanto mais pesava a noite

Sobre a terra aberta

Mais intenso era o silêncio

Suspenso

Sem sopro

Último ou temido

Só a espera.

O mais fino pêlo

Arrepiado nas criaturas se levantou

Fiando a sua vida.

Pressentira-se a sua presença.

Caminhando pelas tábuas da verdade

Leve maior inteira segura

Trazendo todo o lirismo

Com quem se relacionou

Os lugares por onde passou

Sentimentos que encontrou

Jurava, a cada passo,

O elevado compromisso que é, simplesmente, ser.

Bem sabemos,

Que a vida nutre-se

Do que a alimenta

E, até, as flores só giram

Por onde chega a luz:

A actriz está no palco


Todos os meses, as palavras de Ana Catarina Afonso, reconhecida atriz portuguesa e autora do livro de poesia “A força de um lugar”, ganham vida em belos poemas.

Veja mais em Ana Catarina Afonso

  • SEIVA DE LETRAS

    Cura-te, Enquanto é tempo Que o encanto se canta Do coração não te convenças Que se adoeceu Cura-te, Pela beleza Sem...

    LuxWOMANJaneiro 10, 2024

PUB