[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Semana da Moda de Madrid: dia 5

Terça-feira, 22 de setembro

Com poucas pessoas mas com muito talento, assim foi o último dia da Mercedes-Benz Fashion Week Madrid, inteiramente reservado à apresentação das coleções dos criadores jovens mais promissores do panorama da moda espanhola.

Xavi Reyes, Paloma Suarez, David Catalán e Juan Carlos Pajares, entre outros nomes, puderam apresentar as suas propostas para a primavera/verão 2016 na passerelle principal do evento, graças à Samsung EGO, uma plataforma criada em setembro de 2006 com o objetivo de dar visibilidade aos designers independentes em início de carreira. A mesma plataforma que lançou, em anos anteriores, nomes como Maya Hansen e Juan Vidal.

O dia começou com o desfile de HOWL by Maria Glück. Já estava há uns minutos sentada no meu lugar, a observar o vaivém de pessoas a entrar e a sair da sala e a procurar o seu lugar, quando as luzes se apagaram e ouvi, vinda das colunas, a advertência “não utilizar flash”.

Fiquei logo intrigada e curiosa. E também boquiaberta e fascinada quando vi desfilar o primeiro coordenado da coleção ‘Walking Up the Mountains’, não pela roupa em si, mas pelos acessórios e detalhes. “Que frascos com água eram aqueles que a modelo segurava em ambas as mãos?”, questionei-me. Eram pequenos seres vivos, algas luminescentes.

Percebi de imediato o porquê de Maria Glück ter sido a vencedora da 4.ª edição do Samsung EGO Innovation Project. A designer, que em 2013 fundou a sua própria empresa, HOWL, trouxe para a passerelle uma coleção arriscada que desafiou as barreiras da moda ao explorar o impacto desta indústria a nível ambiental, social e estético.

A coleção define-se pelo seu forte carácter conceptual e pela sua componente sustentável, sendo formada por apenas oito conjuntos (quatro femininos e quatro masculinos), que nascem de uma fusão de métodos artesanais com processos inovadores, como a inclusão de hortas ecológicas, microalgas e bordados botânicos, ou através da utilização de tecidos termocromáticos, sensíveis à temperatura corporal e ao movimento.

Em ‘Walking Up the Mountains’ nada é o que parece: uma mochila com uma estrutura de madeira e forro de tecido transforma-se numa horta portátil, e um casaco nude rosado pode ver a sua cor alterada para tonalidades mais escuras. Uma coleção, sem dúvida, inovadora.

E a inovação foi uma constante ao longo do dia. A plataforma Samsung EGO acolheu o trabalho de nove criadores espanhóis, cinco dos quais debutantes na Semana da Moda de Madrid, e ainda a coleção da designer convidada Zyanya Keizer, que costuma apresentar as suas propostas na Mercedes-Benz Fashion Week Amesterdam.

Seguiu-se o desfile de Xavi Reyes, que apresentou uma coleção inspirada no folclore, nas mantas de retalhos e nos naperons bordados, que inevitavelmente associei à casa da minha avó.

Horas mais tarde, o designer de 27 anos ficou a saber que tinha sido o grande vencedor do Mercedes-Benz Fashion Talent, prémio que consagra o criador mais talentoso da plataforma Samsung EGO, e lhe concede a oportunidade de apresentar a sua coleção numa semana da moda internacional.

Palmas para ele e para os demais criadores, ainda ‘verdes’ na área mas já cheios de ideias frescas e com muita vontade de vingar nesta indústria cada vez mais saturada a nível criativo!

Imagem de destaque: Juan Carlos Pajares, primavera/verão 2016 © Getty Images.

Veja mais em R3dação

PUB