[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Um almoço GINcêntrico!

1 de 2

A propósito do dia Nacional do Gin Tónico que se comemora no sábado, dia 27 de junho, recebi um convite do Ritz Four Seasons para um almoço de imprensa. Objetivo: testar o menu inspirado em gin tónico.

O desafio foi lançado pelos Gin Lovers ao o chef executivo Pascal Meynard, que, ao contrário do que costuma acontecer, se inspirou desta vez na bebida para criar os diversos pratos, e não o contrário. A informação à imprensa falava num menu GINcêntrico, será que foi?

Estamos todos sentados à mesa, quando o chef Pascal se aproxima. Alguém coloca um prato com rodelas de toranja e flores de laranjeira sobre a mesa, o chef traz um pequeno recipiente com nitrogénio líquido que verte sobre as toranjas e faz magia… De repente, a mesa enche-se de uma ‘nuvem de fumo’ com um aroma extraordinário a flor de laranjeira. Haveria melhor forma de dar as boas-vindas ao primeiro prato – Tomate em várias Texturas, Gel de Toranja com Flor de Laranjeira? Não me parece…

A acompanhar o primeiro gin, um cocktail pornograficamente fotogénico – um Basil Smash –, algo tão simples quanto Gin Mare com uma folha de manjericão.

A leveza do prato com o tomate em várias texturas, uma esferificação (processo de encapsular um líquido no interior de esferas) ultraleve e as folhas de manjericão são o casamento perfeito com este primeiro gin.

Fala-se sobre gin, não estivéssemos num almoço inteiramente dedicado a ele. Mais uma vez, a simplicidade ganha aos pontos. A ideia é a de realçar as propriedades do gin e não a de criar uma baralhada onde se põe tudo e mais alguma coisa e onde só falta mesmo o peixinho vermelho, como alguém disse.

Foi no Beefeater 24 que Pascal Meynard se inspirou para fazer a entrada – Camarão Obsiblue, Bouillon de Bergamota e Gengibre. Convém aqui destacar os botânicos deste gin (que lhe dão um sabor distinto e diferenciado): o zimbro, o coentro, as sementes e a raiz de angélica, a casca de laranja de Sevilha, a casca de limão, o lírio e a amêndoa.

Pascal Meynard serve-nos estes camarões num consommé extraordinariamente leve e aromático, graças ao gengibre e à bergamota. O gin teria de estar à altura. E esteve! O Beefeater 24 foi-nos servido na versão chá das 5.

1 de 2

Veja mais em R3dação

PUB