[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Alinhar num chá das cinco


Onde? No Hotel Claridges’s. Aqui, o chá é mesmo o centro das atenções, ou não estivéssemos nós em Inglaterra. O Classic Afternoon Tea inclui uma seleção de 24 chás de todo o mundo, uma seleção de minissanduiches, scones de passas e maçã, e propostas várias de pastelaria fina. É servido diariamente às 14h45, 15h, 15h15, 15h30, 16h45, 17h, 17h15 e 17h30. Atenção, há dress code: não se pode entrar de calções, coletes, ténis, chinelos, calças rasgadas e bonés de basebol. Preço: 57libras/€69.
Este chá é superconcorrido, pelo que convém fazer reserva com alguns meses de antecedência. Brook Street, Mayfair (W1K 4HR).

Ver a exposição de David Hockney


Onde? Na Tate Britain. A mostra inaugura a 9 de Fevereiro e decorre até 29 de Maio de 2017. Hockney é um dos artistas britânicos mais populares e influentes do séc. XX, e esta exposição reúne um extenso acervo da sua obra, com trabalhos que incluem pintura, desenho, serigrafia, fotografia e vídeo e que foram realizados ao longo de mais de seis décadas. Entrada (19 libras/€22). Para lá chegar, se for de metro, saia em Pimlico.

Assistir a um filme no Electric Cinema!


Pode optar pelo de Shoreditch (64-66 Redchurch, E2 7DP) ou pelo de Portobello (191 Portobello Road, W11 2ED). São ambos lindos de morrer e tornam uma simples ida ao
cinema numa experiência verdadeiramente especial. Os bilhetes mais baratos custam (8 libras/€9,51) e os mais caros (18 libras/€21,40), mas, nestes últimos, senta-se em cadeirões. Um luxo!

Beber um cocktail


O Ham Yard Hotel tem um bar de cortar a respiração (fica no n.º 1 da Ham Yard W1D 7DT) e uma lista de cocktails escolhidos a dedo. Pode optar pelo The Zetter Townhouse de Clerkenwell (fica no n.ºs 49-50 da John’s Square, EC1V 4JJ), cuja lista de cocktails tem o toque mágico de Tony Conigliaro, um bartender que está para os cocktails como René Redzepi (chef do Noma, restaurante que foi várias vezes considerado o melhor do mundo) está para a comida.

Subir ao Jardim do The Gardening Society


Situa-se no terraço da John Lewis, no n.º 300 da Oxford Street, cheio de flores e ervas frescas. Existe um café e restaurantes em versão pop-up. Abre ao meio dia e encerra às 20h, exceto às quartas, dia em que fecha às 16h, e às quintas, em que a hora de fecho se alonga até às 22h.

Matar saudades de um café no Kaffeine...


... e acompanhá-lo com pães selecionados, biscoitos e tartes. Este é um dos cafés preferidos dos hipsters, aquele que serve os famosos café latte com desenhos. Para quem quiser aprender a fazer corações, túlipas e afins, o kaffeine realiza workshops, quinzenalmente, na 2.º e 4.º quarta-feira de cada mês, das 19h às 21h30. Custo por pessoa: €60. Próximas datas: 5 e 19 de outubro, e 2, 16 e 30 de novembro. No n.º15 de Eastcastle Street. Reservas por e-maill.

Entrar na meca das revistas!


Chama-se Mag Culture e é uma verdadeira perdição, para aqueles que gostam de edições em papel, das mais mainstream às mais alternativas. Aqui há de tudo. Em apenas uma loja, pode encontrar mais de 300 referências. Fica no n.º 270 da St John Street.

Experimentar o brunch do 34 Mayfair


Fica na Praça Grosvenor, mesmo no coração de Mayfair, e é um clássico moderno com inspirações Art Deco. O brunch é servido à carta, pode optar por salmão fumado com ovos mexidos (11,30 libras/ €13,40), umas panquecas com mirtilos (7,50 libras/€9), ou macarrão de lagosta com trufas (32 libras/€38), entre inúmeras outras propostas.

Entrar na Odell’s...


... e comprar um presente para o seu marido, namorado, filho, enteado… o importante é que entre, porque vale a pena! O bom gosto de Tom O’Dell, o proprietário, percebe-se em cada uma das peças. O que é que encontramos aqui ? Basicamente, coisas simples, mas muito bonitas e com qualidade, desde um óleo para a barba, a café, passando por colheres de madeira ou uns sapatos feitos em Northampton. A loja, que fica no n.º 24 de Calvert Avenue (E2 7JP), está aberta de terça a domingo, das 11h às 18h. Ao domingo encerra às 17h.

Perder-se na Present & Correct


Se gosta de estacionário e material de escritório, avisamos, desde já, que esta loja é uma verdadeira perdição. Pode entrar e comprar uma caixa de clips com os formatos mais inusitados que viu na vida, ou vir carregado de blocos, borrachas, lápis, canetas, envelopes e afins. Abertos de terça a sábado, das 12h às 18h30, no n.º 23 da Arlington Way (EC1R 1UY).

Jantar no Sexy Fish!


É, por estes dias, um dos restaurantes mais badalados da capital britânica e o eleito de muitas celebridades, por isso, não se admire se uma delas ficar sentada na mesa mesmo ao seu lado! O espaço é lindo e foi concebido pelo estúdio de design de Martin Brudnizki, e decorado com peças de Damien Hirst, Frank Gehry e Michael Roberts. Daí seu o estilo glamoroso de meados do século XX. Como se não bastasse, contempla umas esculturas de peixes que tornam o local ainda mais excecional. Este é um restaurante de inspiração asiática, onde o peixe e o marisco ganham especial destaque. Existe uma sala privada (The Coral Reef Room), com bar para 48 pessoas. O espaço inclui dois dos maiores aquários do mundo com recifes de coral. Aberto diariamente, das 12h às 23h, aos domingos encerra às 22h30. Quanto a preços, os pratos começam nas 5,75 libras/€6,84 e podem chegar às 32 libras/€38. As sobremesas rondam as 8,5 libras/€10.

Deixar crescer água na boca na Taberna do Mercado


É uma espécie de embaixada gastronómica portuguesa, dirigida pelo chef Nuno Mendes. Um espaço de delícias onde se bebe vinho português e se comem petiscos nacionais, mas com um twist muito interessante. Se tiver saudades de um pastel de nata, é aqui que deve ir, pode até ser que seja o ex-manequim Joaquim (lembra-se dele?) a servir-lhe um! Fica no Mercado Old Spitafields, no n.º 107B da Commercial Street (E1 6BG).

Conhecer o Café da Monocle


Se é uma leitora atenta da revista vai querer entrar no café homónimo, que abriu portas em 2013, no n.º 18 de Chiltern Street. Aqui, pode comer algo leve, comprar o último número da revista ou, simplesmente, ler o jornal do dia. Ao fim da tarde há, diariamente, Happy Hour, a partir das 17h30.

Almoçar no The Good Life Eatery


Se é daquelas pessoas que gosta de manter uma boa alimentação mesmo em viagem, então, tem de vir aqui. A comida é inspirada na cozinha saudável californiana e inclui esparguete de curgete, wraps sem glúten, saladas de couve ou brownies de beterraba. O menu de bebidas inclui sumos prensados a frio e smothies com proteína. Atenção, há sempre filas à porta, mas vale a pena a espera. Pode optar pelo de Belgravia (20 Motcomb Street, SW1X 8LB) ou pelo de Chelsea (59 Sloane Avenue, SW3 3DH).

Tomar o pequeno-almoço num Bill’s


Existem vários, o melhor é ir ao site e ver aquele que fica mais perto da sua zona. Custa 7,90 libras/€9,50 e inclui: uma salsicha Cumberland, ovos estrelados (de galinhas criadas ao ar livre), tomate, cogumelos, bacon e pão tostado. Pode pedir ainda uma granola com iogurte (4,95 libras/€5,90), ou uma panqueca de mirtilo com banana, morangos e xarope de ácer (5,96 libras/€7,10), entre muitas outras opções.

Saber o que é o Ahi Poké


Neste momento, é, tão somente, um dos locais mais concorridos para almoçar, em Londres. O conceito reside em trazer sabores do pacífico para a capital britânica. E que sabores são esses? A base é o peixe cru marinado, conjugado com saladas de cair para o lado. Escolhe-se uma base (quinoa, couve, arroz de sushi), uma proteína (atum, pargo ou salmão), toppings e o molho. Fica no n.º 3 da Percy Street, Londres (W1T1DE).

Assistir a um concerto de blues


Onde? Naquele que é considerado um dos bares mais populares do Soho. Está aberto até tarde, coisa rara em Londres, sete dias por semana. Fica no n.º 20 da Kingly Street. Chegue cedo, para evitar filas. Quem diz cedo, é antes das 18h30, hora a que começam os concertos. Ah, é verdade, dá pelo nome de Ain’t Nothing But Blues.

Ver cinema ao ar livre, no The Luna Cimena


Os filmes são projetados em jardins, parques, castelos e em diferentes casas, em Londres e por toda a Inglaterra. Se não quiser sair da cidade, saiba que os locais de projeções são: os Jardins Victoria Tower, os Jardins Pimlico, o Parque Battersea, os jardins Victoria Embankment, o Jardim Sky, o Palácio de Kensington, e a Torre de Londres, entre muitos outros. Para conhecer o cartaz, e saber exatamente onde e quando, consulte o site do The Luna Cinema.

  • Alinhar num chá das cinco


    Onde? No Hotel Claridges’s. Aqui, o chá é mesmo o centro das atenções, ou não estivéssemos nós em Inglaterra. O Classic Afternoon Tea inclui uma seleção de 24 chás de todo o mundo, uma seleção de minissanduiches, scones de passas e maçã, e propostas várias de pastelaria fina. É servido diariamente às 14h45, 15h, 15h15, 15h30, 16h45, 17h, 17h15 e 17h30. Atenção, há dress code: não se pode entrar de calções, coletes, ténis, chinelos, calças rasgadas e bonés de basebol. Preço: 57libras/€69.
    Este chá é superconcorrido, pelo que convém fazer reserva com alguns meses de antecedência. Brook Street, Mayfair (W1K 4HR).

     

  • Ver a exposição de David Hockney


    Onde? Na Tate Britain. A mostra inaugura a 9 de Fevereiro e decorre até 29 de Maio de 2017. Hockney é um dos artistas britânicos mais populares e influentes do séc. XX, e esta exposição reúne um extenso acervo da sua obra, com trabalhos que incluem pintura, desenho, serigrafia, fotografia e vídeo e que foram realizados ao longo de mais de seis décadas. Entrada (19 libras/€22). Para lá chegar, se for de metro, saia em Pimlico.

     

  • Assistir a um filme no Electric Cinema!


    Pode optar pelo de Shoreditch (64-66 Redchurch, E2 7DP) ou pelo de Portobello (191 Portobello Road, W11 2ED). São ambos lindos de morrer e tornam uma simples ida ao
    cinema numa experiência verdadeiramente especial. Os bilhetes mais baratos custam (8 libras/€9,51) e os mais caros (18 libras/€21,40), mas, nestes últimos, senta-se em cadeirões. Um luxo!

     

  • Beber um cocktail


    O Ham Yard Hotel tem um bar de cortar a respiração (fica no n.º 1 da Ham Yard W1D 7DT) e uma lista de cocktails escolhidos a dedo. Pode optar pelo The Zetter Townhouse de Clerkenwell (fica no n.ºs 49-50 da John’s Square, EC1V 4JJ), cuja lista de cocktails tem o toque mágico de Tony Conigliaro, um bartender que está para os cocktails como René Redzepi (chef do Noma, restaurante que foi várias vezes considerado o melhor do mundo) está para a comida.

     

  • Subir ao Jardim do The Gardening Society


    Situa-se no terraço da John Lewis, no n.º 300 da Oxford Street, cheio de flores e ervas frescas. Existe um café e restaurantes em versão pop-up. Abre ao meio dia e encerra às 20h, exceto às quartas, dia em que fecha às 16h, e às quintas, em que a hora de fecho se alonga até às 22h.

     

  • Matar saudades de um café no Kaffeine...


    ... e acompanhá-lo com pães selecionados, biscoitos e tartes. Este é um dos cafés preferidos dos hipsters, aquele que serve os famosos café latte com desenhos. Para quem quiser aprender a fazer corações, túlipas e afins, o kaffeine realiza workshops, quinzenalmente, na 2.º e 4.º quarta-feira de cada mês, das 19h às 21h30. Custo por pessoa: €60. Próximas datas: 5 e 19 de outubro, e 2, 16 e 30 de novembro. No n.º15 de Eastcastle Street. Reservas por e-maill.

     

  • Entrar na meca das revistas!


    Chama-se Mag Culture e é uma verdadeira perdição, para aqueles que gostam de edições em papel, das mais mainstream às mais alternativas. Aqui há de tudo. Em apenas uma loja, pode encontrar mais de 300 referências. Fica no n.º 270 da St John Street.

     

  • Experimentar o brunch do 34 Mayfair


    Fica na Praça Grosvenor, mesmo no coração de Mayfair, e é um clássico moderno com inspirações Art Deco. O brunch é servido à carta, pode optar por salmão fumado com ovos mexidos (11,30 libras/ €13,40), umas panquecas com mirtilos (7,50 libras/€9), ou macarrão de lagosta com trufas (32 libras/€38), entre inúmeras outras propostas.

     

  • Entrar na Odell’s...


    ... e comprar um presente para o seu marido, namorado, filho, enteado… o importante é que entre, porque vale a pena! O bom gosto de Tom O’Dell, o proprietário, percebe-se em cada uma das peças. O que é que encontramos aqui ? Basicamente, coisas simples, mas muito bonitas e com qualidade, desde um óleo para a barba, a café, passando por colheres de madeira ou uns sapatos feitos em Northampton. A loja, que fica no n.º 24 de Calvert Avenue (E2 7JP), está aberta de terça a domingo, das 11h às 18h. Ao domingo encerra às 17h.

     

  • Perder-se na Present & Correct


    Se gosta de estacionário e material de escritório, avisamos, desde já, que esta loja é uma verdadeira perdição. Pode entrar e comprar uma caixa de clips com os formatos mais inusitados que viu na vida, ou vir carregado de blocos, borrachas, lápis, canetas, envelopes e afins. Abertos de terça a sábado, das 12h às 18h30, no n.º 23 da Arlington Way (EC1R 1UY).

     

  • Jantar no Sexy Fish!


    É, por estes dias, um dos restaurantes mais badalados da capital britânica e o eleito de muitas celebridades, por isso, não se admire se uma delas ficar sentada na mesa mesmo ao seu lado! O espaço é lindo e foi concebido pelo estúdio de design de Martin Brudnizki, e decorado com peças de Damien Hirst, Frank Gehry e Michael Roberts. Daí seu o estilo glamoroso de meados do século XX. Como se não bastasse, contempla umas esculturas de peixes que tornam o local ainda mais excecional. Este é um restaurante de inspiração asiática, onde o peixe e o marisco ganham especial destaque. Existe uma sala privada (The Coral Reef Room), com bar para 48 pessoas. O espaço inclui dois dos maiores aquários do mundo com recifes de coral. Aberto diariamente, das 12h às 23h, aos domingos encerra às 22h30. Quanto a preços, os pratos começam nas 5,75 libras/€6,84 e podem chegar às 32 libras/€38. As sobremesas rondam as 8,5 libras/€10.

     

  • Deixar crescer água na boca na Taberna do Mercado


    É uma espécie de embaixada gastronómica portuguesa, dirigida pelo chef Nuno Mendes. Um espaço de delícias onde se bebe vinho português e se comem petiscos nacionais, mas com um twist muito interessante. Se tiver saudades de um pastel de nata, é aqui que deve ir, pode até ser que seja o ex-manequim Joaquim (lembra-se dele?) a servir-lhe um! Fica no Mercado Old Spitafields, no n.º 107B da Commercial Street (E1 6BG).

     

  • Conhecer o Café da Monocle


    Se é uma leitora atenta da revista vai querer entrar no café homónimo, que abriu portas em 2013, no n.º 18 de Chiltern Street. Aqui, pode comer algo leve, comprar o último número da revista ou, simplesmente, ler o jornal do dia. Ao fim da tarde há, diariamente, Happy Hour, a partir das 17h30.

     

  • Almoçar no The Good Life Eatery


    Se é daquelas pessoas que gosta de manter uma boa alimentação mesmo em viagem, então, tem de vir aqui. A comida é inspirada na cozinha saudável californiana e inclui esparguete de curgete, wraps sem glúten, saladas de couve ou brownies de beterraba. O menu de bebidas inclui sumos prensados a frio e smothies com proteína. Atenção, há sempre filas à porta, mas vale a pena a espera. Pode optar pelo de Belgravia (20 Motcomb Street, SW1X 8LB) ou pelo de Chelsea (59 Sloane Avenue, SW3 3DH).

     

  • Tomar o pequeno-almoço num Bill’s


    Existem vários, o melhor é ir ao site e ver aquele que fica mais perto da sua zona. Custa 7,90 libras/€9,50 e inclui: uma salsicha Cumberland, ovos estrelados (de galinhas criadas ao ar livre), tomate, cogumelos, bacon e pão tostado. Pode pedir ainda uma granola com iogurte (4,95 libras/€5,90), ou uma panqueca de mirtilo com banana, morangos e xarope de ácer (5,96 libras/€7,10), entre muitas outras opções.

     

  • Saber o que é o Ahi Poké


    Neste momento, é, tão somente, um dos locais mais concorridos para almoçar, em Londres. O conceito reside em trazer sabores do pacífico para a capital britânica. E que sabores são esses? A base é o peixe cru marinado, conjugado com saladas de cair para o lado. Escolhe-se uma base (quinoa, couve, arroz de sushi), uma proteína (atum, pargo ou salmão), toppings e o molho. Fica no n.º 3 da Percy Street, Londres (W1T1DE).

     

  • Assistir a um concerto de blues


    Onde? Naquele que é considerado um dos bares mais populares do Soho. Está aberto até tarde, coisa rara em Londres, sete dias por semana. Fica no n.º 20 da Kingly Street. Chegue cedo, para evitar filas. Quem diz cedo, é antes das 18h30, hora a que começam os concertos. Ah, é verdade, dá pelo nome de Ain’t Nothing But Blues.

     

  • Ver cinema ao ar livre, no The Luna Cimena


    Os filmes são projetados em jardins, parques, castelos e em diferentes casas, em Londres e por toda a Inglaterra. Se não quiser sair da cidade, saiba que os locais de projeções são: os Jardins Victoria Tower, os Jardins Pimlico, o Parque Battersea, os jardins Victoria Embankment, o Jardim Sky, o Palácio de Kensington, e a Torre de Londres, entre muitos outros. Para conhecer o cartaz, e saber exatamente onde e quando, consulte o site do The Luna Cinema.

     

PUB


18 coisas para fazer em Londres

Estivemos na capital inglesa e andámos à procura do melhor que há por lá. Pode fazer as malas já!

Veja mais em Lifestyle

  • Clotilde, comida tradicional com atrevimento

    De segunda a sábado ao almoço e ao jantar, pode entrar, sentar, conversar e desfrutar de uma atrevida refeição. No menu...

    Patricia Toste de SousaJaneiro 18, 2019
  • Prepare o seu coração…

    Para mais um Dia de S. Valentim, com a Flying Tiger Copenhagen. Um conjunto de propostas irresistíveis para fazer deste um...

    Leonor Antolin TeixeiraJaneiro 17, 2019
  • Gosta de treinar?

    Então, saiba que a Primark acaba de lançar uma nova linha de workout. Para quem procura um equipamento de treino completo...

    Leonor Antolin TeixeiraJaneiro 16, 2019
  • Amor a triplicar

    O Dia dos Namorados vem aí! E a Swatch já preparou uma surpresa irresistível: o Triple Love, relógio com três corações...

    Leonor Antolin TeixeiraJaneiro 16, 2019
  • Nike lança coleção de roupa para Yoga

    É a primeira coleção de roupa para o Yoga da Nike Training. A nova linha Nike Yoga Collection apresenta peças que...

    Patricia Toste de SousaJaneiro 9, 2019
  • Já tem barriga para doces?

    Ultrapassada que está a quadra festiva, já pode, aos poucos e em doses pequeninas, regressar aos doces. E se acha que...

    Patricia Toste de SousaJaneiro 4, 2019
  • Os presentes mais incríveis para o amigo secreto (até 15€)

    Um amigo secreto no trabalho, um amigo secreto no grupo de amigos, um amigo secreto na família. Este jogo de oferecer...

    Natália RibeiroDezembro 14, 2018
  • As sugestões de Natal da Claus Porto

    Foi em 1887, pelas mãos de dois empresários alemães, que nasceu esta casa de fragrâncias e produtos de beleza, tendo celebrado...

    Patricia Toste de SousaNovembro 29, 2018
  • Natal Encantado!

    Inspire-se nos objetos de decoração usados na produção de Natal de beleza da edição de Dezembro da LuxWOMAN, já nas bancas....

    Natália RibeiroNovembro 29, 2018

PUB