Nome *
Data de Nascimento *
dia-mês-ano
E-mail *
Telefone *
Username *
Password * (duas vezes)

Mínimo 6 caracteres e sem espaços

Morada
Código Postal
Localidade
Profissão
Contribuinte
 

* Campos de preenchimento obrigatório




Confidencialidade
Siga-nos
Topo

    Nesta ementa só há peixe e tudo é fresco

    Chama-se Eatfish e é o novo restaurante de comida saudável do Cais do Sodré, em Lisboa.

    Assim que entrei no Eatfish, foi o bar que me prendeu a atenção: os bancos altos, os cadeeiros e as garrafas meticulosamente arrumadas. Tudo com um ar super fresco. Depois de me sentar nos bancos capitonê, foi o tampo da mesa em mármore branco que me agarrou o olhar. Este elemento típico das tascas portuguesas de antigamente surge aqui em contraste com um ambiente contemporâneo e… fresco!

    Fresco, moderno e muito acolhedor, o Eatfish é um restaurante de comida saudável inteiramente dedicado ao peixe, que abriu há cerca de um mês no Cais do Sodré, numa pequena rua transversal à Praça de São Paulo, nas traseiras do Mercado da Ribeira.

    Quando digo “dedicado ao peixe” é no sentido mais literal, uma vez que a ementa só inclui opções com peixe fresco (à exceção do couvert e das sobremesas). Cada seção da ementa inclui apenas duas a quatro opções de pratos, o que é ótimo na hora de decidir o que escolher.

    O salmão, o atum e a corvina são os reis da casa, sendo estes dois últimos da costa portuguesa. Olho para os Carpaccios, passo o dedo pelos Ceviches e detenho-me nos Tártaros. Para mim, são sempre irresistíveis. Fico na dúvida entre qual é o peixe que o paladar deseja e fico feliz quando Vasco Oliveira, um dos mentores do projeto, me explica: “não precisa de escolher o peixe do tártaro, há uma opção de trio em doses mais pequenas”. Maravilha!

    Depois de degustados os três, sai vencedor o de salmão, mas por um triz, quase empatado com o de atum. Acho que a culpa é da manga, que tão bem casa com este peixe alaranjado.

    Da mesa, além do mármore branco, pisca-me o olho uma fresquíssima limonada num copo balão, enquanto aguardo o meu Tataki de Salmão. Os Tatakis (forma japonesa de preparar o peixe em que este é grelhado apenas levemente), os lombos grelhados e os lombos assados no forno – as outras opções de pratos principais da ementa, além das saladas – são servidos com dois acompanhamentos e um molho à escolha. A minha combinação? Arroz de curcuma e salada ibérica com tomate cherry, para acompanhar, e molho de sésamo para regar o salmão. Mas ainda fiquei indecisa entre o puré de batata wasabi e o chutney de coentros.

    Estou saciada, mas contino ‘fresca’ e com força para as sobremesas. É também esse o lado bom de comer peixe: ficamos satisfeitas sem a sensação de estarmos cheias. No trio de sobremesas, há uma opção de fruta – em forma de tártaro – e dois doces: crème brûlée de baunilha e mousses de chocolate.

    Desta vez, consegui ‘resistir’ ao tártaro. Com um Brûlée na lista, não foi difícil…. Mas prometo rever a decisão da próxima vez que visitar o Eatfish. Não deve tardar muito!

    Detalhes:
    Travessa de S. Paulo 11, Lisboa
    Aberto todos os dias, das 12h às 15h e das 19h às 23h. Durante o fim de semana, está aberto o dia todo, mas fora do horário de almoço e jantar só serve pratos frios.
    Tel.: 210 996 317

    Veja mais em R3dação

    PUB