Nome *
Data de Nascimento *
dia-mês-ano
E-mail *
Telefone *
Username *
Password * (duas vezes)

Mínimo 6 caracteres e sem espaços

Morada
Código Postal
Localidade
Profissão
Contribuinte
 

* Campos de preenchimento obrigatório




Confidencialidade
Siga-nos
Topo

#FazStop à violência no namoro

A APAV e a agência criativa Carmen lançam campanha para sensibilizar as vítimas de violência no namoro.

Para assinalar o Dia dos Namorados, a APAV - Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, apresenta uma nova campanha de sensibilização da violência no namoro, com a hashtag #FazStop.

Inspirada nas músicas e nos vídeos que costumam ficar em modo ‘loop’ (repetição), da mesma maneira que as vítimas de violência ficam em modo de repetição com os seus agressores, sofrendo ameaças constantes, a campanha leva a mensagem “A violência no namoro é uma realidade que só termina quando decides pará-la. FAZ STOP!" e utiliza as redes sociais como principal meio de divulgação.

O propósito? Alertar as vítimas para o facto de que uma das maneiras de a violência cessar, é fazer ‘Stop’, tal como nas músicas, filmes ou gifs, que se repetem sem parar. Para isto, “basta entrar em contacto com a APAV que auxilia as vítimas de violência”, como explica a Associação em comunicado.

Tendo em conta esta analogia com o loop, a campanha apresenta três gifs, representando três tipos de agressores diferentes, nos quais as cenas de violência surgem sempre em repetição.



Para além dos gifs, esta ação, idealizada pela agência criativa Carmen, inclui ainda dois cartazes com exemplos de playlist, onde os títulos das músicas são baseados em frases de violência ditas pelos parceiros.

É de sublinhar que “a violência no namoro acontece quando, no contexto das relações de namoro, um dos parceiros (ou mesmo ambos) recorre à violência com o objetivo de se colocar numa posição de poder e controlo. A violência no namoro pode assumir diferentes formas: violência verbal, violência psicológica, violência física e/ou violência sexual”, explica a APAV, em comunicado.

Veja mais em Sociedade

PUB