[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

New Now Wow

Foi sob este mote que a Garnier apresentou à imprensa, em Paris, um novo produto revolucionário. Com lançamento marcado para o início do próximo ano, promete ser mais do que um produto de beleza, um produto pensado para um modo de vida. Eu ainda não posso revelar nada sobre ele, mas parece mesmo ser espetacular e revolucionário!

Mas, como tive o enorme prazer de ser uma das convidadas para assistir a esta conferência, gostava de partilhar algumas das coisas que vi e aprendi:

– A maior preocupação das mulheres é parecerem cansadas.

– Quando pomos máscara de pestanas, passamos a escova um enorme número de vezes: as europeias passam cerca de 40, enquanto as asiáticas o fazem cerca de 100! (No seu caso confirma-se?)

– Quando um cabeleireiro é selecionado para um dos centros de investigação L’Oréal passa os primeiros seis meses a ser treinado para usar as duas mãos da mesma maneira. Porquê? Porque, por exemplo, quando está a testar um novo shampoo, tem de o aplicar em metade da cabeça, e na outra metade tem de aplicar um outro shampoo para comparar. Para que a comparação seja válida, o modo como cada metade da cabeça é lavada não pode ser diferente.

– A pesquisa e a inovação são um dos pontos mais importantes para a L’Oréal: todos os anos são investidos cerca de 800 milhões de euros e nos seus centros trabalham 3817 pessoas, das quais 70% são mulheres, de 60 nacionalidades e 30 disciplinas diferentes (biologia, química, dermatologia, sociologia,…).

– Existem, nos centros de pesquisa da L’Oréal, sítios para testar os produtos de formas que nunca me tinham ocorrido antes, como casas de banho onde as pessoas são filmadas a lavar a cabeça ou a maquilhar-se. Estas filmagens permitem que os investigadores reparem em pormenores que, à primeira vista, podiam não ser evidentes (sabia que muitas mulheres cheiram a máscara de pestanas antes de a aplicar?).

Veja mais em R3dação

PUB