[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

O fim dos domingos chatos

1 de 2

São 7h da manhã e o despertador toca. Eu não gosto de acordar cedo e é domingo! Domingo, o dia santo e intocável que, na verdade, não adoro. É o dia em que aquela típica dormência se instala em antecipação do início de mais uma semana. Nunca se sabe bem o que fazer, e acaba por passar.

Desligo o despertador e lembro-me de que afinal quero mesmo levantar-me. Às 8h30 tenho de estar no hotel Myriad by Sana para experimentar o novo programa Wellness Brunch com direito a aula de yoga, spa e brunch (o melhor fica sempre para o fim, não é verdade?).

Começo por chegar ao hotel e não é difícil encontrá-lo: é a torre mais icónica do Parque das Nações, com 140 metros de altura. Primeiro passo: aula de yoga no deck do restaurante e bar River Lounge.

O professor Vasco, do Centro de Yoga Áshrama Vasco da Gama, no Parque das Nações, faz as honras de iniciar o dia com bem-estar e eu luto por não me deixar dormir com tanta harmonia. Só tinha experimentado yoga algumas vezes, pelo que não atingi nenhum estado meditativo, mas ao menos estive caladinha e um pouco sossegada para relaxar. Nos alongamentos já só pensava em subir ao spa, no 23.º andar, não antes de tomar um sumo natural de beterraba e laranja que gentilmente nos esperava perto da zona da aula.

Se o River Lounge tem uma vista que considerei magnífica, a do Spa Sayanna Wellness no 23.º andar é divinal. Da piscina interior temos uma vista panorâmica para a ponte Vasco da Gama e o Tejo, da janela dos balneários vemos Lisboa e a vida que deixámos em pausa no nível térreo.

Aqui, tenho duas horas para relaxar na piscina de hidromassagem, na sauna e no banho turco. Quem adquire o programa Wellness Brunch tem ainda direito a 15% de desconto em tratamentos do menu do spa para usufruir neste dia. Aconselho definitivamente a sauna, que tem a melhor vista de todo o spa. Acredite, vai valer a pena transpirar um bom bocado para a contemplar.

1 de 2

Veja mais em R3dação

PUB