[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Dueto de chefs na Quinta Nova

Uma rápida leitura do título pode induzir uma pessoa em erro. Não, não assisti a nenhum duelo atroz entre chefs, muito pelo contrário. Tive, antes, o prazer de saborear um almoço que reuniu, na cozinha e à mesa, um pedacinho de Tejo e um pedacinho de Douro.

Dueto de Rios à Mesa: Tejo e Douro foi a iniciativa que juntou dois jovens chefs portugueses, em jeito de homenagem às gastronomias que rodeiam os dois maiores rios de Portugal.

De um lado, Rodrigo Castelo, chef do restaurante Taberna Ó Balcão, em Santarém. Do outro, José Pinto, chef do Conceitus Winery Restaurant, localizado na Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, em Covas do Douro. A uni-los, o amor a uma gastronomia “de raízes”.

O almoço aconteceu ao ar livre, no pátio da Quinta Nova. Não sei se os ares do Douro me abriram o apetite, mas é provável que sim. Enquanto aguardava pela entrada, ia enganando a fome com umas pequenas e achatadas fatias de pão de alfarroba e azeitonas, embebidas em azeite Quinta Nova.

Eis que chega a entrada, e uma estreia absoluta para o meu palato: ceviche de fataça e lúcio. Provei-o, a medo, com receio de não gostar. Mas fiquei surpreendida com o sabor fresco e cítrico que me tomou de assalto assim que levei a primeira garfada à boca. Uma delícia! A acompanhar, um Pomares Gouveia branco 2014, que casou na perfeição com o ceviche.

Seguiu-se a sopa de peixe com ovas de barbo aromatizadas com azeite Quinta Nova, beterraba e croutons. Outro prato cheio de sabor, com a textura leve do peixe a contrastar com o crocante dos croutons.

O prato principal teve direito a uma apresentação grandiosa por parte dos chefs, que nesta altura se juntaram à mesa para trocar uns dedos de conversa com os convidados. Depois, presentearam-nos com o ‘tubarão do Douro’: lúcio cozinhado a baixa temperatura com manteiga de azeite, acompanhado com puré de ervilhas e hortelã e legumes grelhados.

Todo o prato era um festim de cores e sabores. Devorei-o com os olhos antes de me atrever a prová-lo. Gostei especialmente do puré, bastante cremoso e muito bem temperado. E tanto o peixe como os legumes estavam confecionados na perfeição. Para contrariar a tendência de beber vinho branco com pratos de peixe, saiu um tinto Quinta Nova Reserva 2012.

Para finalizar a refeição, a sobremesa típica duriense: pera bêbeda em sorbet de limão e com crocante de citrino. O ideal é provar os três elementos em conjunto, com o sorbet refrescante a equilibrar o sabor mais forte da pera, e o crocante a conferir uma textura estaladiça. E para terminar em grande, um copo de Quinta Nova Porto Vintage 2005.

Fiquei satisfeita mas, acima de tudo, surpreendida! Isto de cozinhar a quatro mãos exige alguma perícia e cuidado, capacidades que os chefs Rodrigo Castelo e José Pinto mostraram possuir – e dominar.

Em outubro, os dois chefs voltam a reunir-se para mais um dueto de gastronomias, que terá lugar no restaurante Taberna Ó Balcão.

Detalhes:

Conceitus Winery Restaurant

Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, 5085-222 Covas do Douro

Tels.: 254 730 430 ou 969 860 056

Taberna Ó Balcão

Rua Pedro de Santarém, 73, 2000-223 Santarém

Tel.: 243 055 883

Imagem de destaque: Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, Douro.

Veja mais em R3dação

PUB