[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Portugal Fashion Sprinkle

1 de 2

Entre 23 e 25 de outubro, a moda invadiu a cidade do Porto. O Portugal Fashion regressou para a 35.ª edição, depois de já ter passado por Lisboa, Viena, Londres e Paris.

A edição ‘Sprinkle’ contou com os nomes habituais – Katty Xiomara, Alves/Gonçalves, Storytailors, Júlio Torcato e Carlos Gil, entre outros – e ainda os jovens designers do Bloom, a plataforma que procura incentivar e dar a conhecer o talento nacional.

Fui até ao Porto, um pouco sem saber o que iria encontrar. Deixei de lado as folhas com as informações de cada coleção e levei comigo apenas a máquina fotográfica. Queria ser surpreendida.

Não tenho nenhum curso de moda, sigo apenas alguns designers de que gosto, mantenho-me a par das tendências e procuro adaptar-me às estações. Quando soube que ia até à Cidade Invicta, não poderia ter ficado mais feliz: não só ia passar uns dias numa das minhas cidades preferidas de Portugal, como ia conhecer o trabalho dos designers portugueses.

Se tivesse de escolher quem mais me impressionou, diria três grandes nomes: Nuno Baltazar, Meam by Ricardo Preto e Diogo Miranda.

Nuno Baltazar foi procurar inspiração ao cinema. Para a primavera/verão 2015 é o filme ‘Le Mépris’, de Jean-Luc Godard, que empresta o nome à coleção. Brigitte Bardot, protagonista do filme, é a heroína do designer para esta estação e a personificação do feminino forte mas emocional, frágil mas provocador. As incoerências femininas ganham forma nos volumes, nas silhuetas H, nas mangas, nos tecidos fluidos. As cores dividem-se entre o branco e o preto, os azuis, o verde e o vermelho.

1 de 2

Veja mais em R3dação

PUB