[wlm_register_Passatempos]
Siga-nos
Topo

Em Madrid com a Chanel

Desta vez, para conhecer a nova linha de cosméticos da Chanel, o destino foi Madrid, onde a marca tem o seu próprio centro de convenções, a Chanel Academy. Adorei o Boutique Hotel Único, mas dele darei mais pormenores noutro texto.

A apresentação, feita por Marie Hélène Lair, diretora de comunicação científica da Chanel, começou com um pequeno teste de sensorialidade, não fosse esta uma parte importantíssima dos cosméticas da marca (além das poderosas fórmulas). Confesso que para mim também é: se não gosto da textura e/ou do cheiro de um creme, até pode ser o melhor do mundo, mas dificilmente o usarei.

Como vim a descobrir, há muitas mulheres que pensam assim. Aliás, foi já em 1984 que um professor japonês elaborou um questionário sobre 32 atributos sensoriais. Graças a estes estudos, a nova linha anti-idade global Le Lift declina-se em três texturas, da mais ligeira à mais nutritiva.

Não me vou alargar muito sobre a parte científica, porque é mesmo muito técnico, mas posso adiantar que se trata de um avanço significativo em matéria de antienvelhecimento visível.

Muito interessante achei também o ingrediente ativo, extraído da raiz de uma planta originária da América do Sul, a Edulis, que a Chanel consegue cultivar na sua estufa, em França, num sistema de agricultura aeropónica, sem pesticidas nem fertilizantes artificiais.

Descubra mais sobre esta nova linha numa próxima LuxWoman!

Veja mais em R3dação

PUB